Salve-se Quem Puder: História de Helena é revelada em final emocionante da primeira temporada

O último episódio da novela revela informações sobre o passado da personagem e termina com fortes emoções

Redação Minha Novela Publicado domingo 29 março, 2020

O último episódio da novela revela informações sobre o passado da personagem e termina com fortes emoções
Salve-se Quem Puder: História de Helena é revelada em final emocionante da primeira temporada - Reprodução/Globo

A primeira fase da novela das 19h, Salve-se Quem Puder, chegou ao final com uma série de emoções. O último episódio foi gravado antes das interrupções das filmagens por causa da quarentena do coronavírus. A novela será substituida por uma versão compacta de Totalmente Demais a partir de 30/03. 

Após passar o dia fora, Helena (Flávia Alessandra) volta para casa e é confrontada por Hugo (Leopoldo Pacheco), que pergunta sobre as saídas misteriosas da mulher. Eles têm uma discussão, mas a empresária não revela nada.

Em seguida, a trama relevou que Helena não abandonou Luna/Fiona e o ex-marido Mário. Helena foi vítima de uma armação de Hugo no passado. Ele fez a empresária acreditar que a filha e o ex-companheiro foram assassinados. 

Em uma cena tocante, a dona do Empório Delícia chora ao ver a foto em que aparece mais nova ao lado da filha, ainda pequena, e Mário. Helena se culpou pelo o que aconteceu, e na sequencia um flackback apareceu e mostrou a empresária na cadeia, quando Hugo chega e mostra uma manchete de jornal. Na capa aparece uma notícia de que pai e filha haviam sido assassinados em vingança de narcotraficantes.

Além disso, Hugo foi revelado como o chefão da facção e encomenda a morte de um agente.

Em conversa com Dominique, ele fala: "Se esse policial tá investigando a morte do Vitório é porque você falhou, Dominique! Você quase colocou tudo a perder com aquelas três testemunhas em Cancún! Você deu sorte que o furacão matou as três. Só que dessa vez você não me falhe mais!".

No final, Dominique (Guilhermina Guinle) descobriu que uma das testemunhas do assassinato de Vitório (Aílton Graça) ainda está viva. Luna (Juliana Paiva) acaba sendo atropelada por Dominique, que reconhece a moça. A jovem tenta fugir, mas a vilã a persegue. Com uma arma apontada, ela ameaça Luna, que se rende. A cena final é marcada pela vilã com a arma no pescoço de Luna, que pede por misericórdia.

 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 01:49:20 (1048932).