Agora como apresentadora, Carol Fiorentino une o útil ao agradável no Bake Off Brasil.

A Chef conta como surgiu o convite para trabalhar no SBT e revela detalhes dos bastidores da atração.

Fernanda Chaves

Carol Fiorentino | <i>Crédito: Artur Igrecias/SBT
Carol Fiorentino | Crédito: Artur Igrecias/SBT


Carol Fiorentino viu sua vida mudar desde que estreou como jurada do Bake Off Brasil. “A TV nunca foi um sonho pra mim, mas foi uma coisa que aconteceu e eu estou superfeliz”, afirma a confeiteira, que, desde o ano passado, assumiu o comando da atração. Irmã da modelo Isabella Fiorentino, a paulista sempre foi muito tímida e fugia dos desfiles. Trabalhou por 15 anos como confeiteira, comandou a cozinha de uma das maiores confeitarias de São Paulo, mas um belo dia resolveu mudar. A chef foi fazer trabalhos sociais e acabou gravando um vídeo, ensinando crianças a cozinhar. A produção do SBT assistiu e a convidou para um teste para a vaga de jurada. “Morri de vergonha, fiquei naquela será que vou? Eu estava no meio de um problema de relacionamento e falei: ‘quer saber? Eu vou! Se eu pegar o trabalho é um sinal divino (risos)’. E, quando cheguei lá, dei de cara com o Fabrizio (Fasano). Não acreditei! Eu e ele somos amigos há mais de 20 anos, desde a adolescência. Fizemos o teste juntos, todo mundo adorou e aí tudo começou a acontecer”, detalha.

Com a irmã, Isabella, que comanda o Esquadrão da Moda, também no SBT. Foto: Instagram

 

MUDANÇA DE PLANOS

Apesar da timidez, ela afirma que não sentiu medo. “O meu friozinho na barriga é muito mais em fazer um trabalho bem feito do que saber se eu vou sair bem na câmera”, explica. Em 2017, veio a surpresa. Ticiana Villas Boas se afastou da TV e Carol foi promovida à apresentadora da atração. “Foi um choque! Achei que estavam brincando. Fiquei lisonjeada e falei que poderia fazer fono, coach... Mas o Fernando Pelégio (Diretor de Planejamento Artístico e Criação do SBT) falou que não precisava, que queria a minha espontaneidade”, lembra. “Eu fiquei preocupada em, de repente, montar um personagem. Acredito que isso seja a nossa fuga mais fácil. Mas lá fui eu e fiquei satisfeita”, festeja.

APRESENTADORA AMIGA

Agora na função de apresentadora, Carol não pode mais dar sua opinião sobre os pratos. “Essa parte foi dura no começo. Eu provava os doces e ficava querendo falar alguma coisa (risos). Mas fui começando a entender que não posso avaliar os participantes, mas posso dar uma força para eles antes. Acabei dando umas dicas, se alguém tinha uma dificuldade, eu explicava para todos”, conta. Durante a terceira temporada, Carol conseguiu mostrar mais seu lado humano, acolhendo os participantes nos momentos de desespero. “Gosto de ver todo mundo bem. Sou caçula de seis irmãos sempre foi tudo muito prático. Aconteceu algum problema? Vamos resolver e seguir. Acho que consegui passar isso para eles”, explica a paulista.

Ao lado de Fabrizio e Beca Milano, Carol experimenta o doce de Dona Iaiá, uma das competidoras da 3ª temporada. Foto: Artur Igrecias/SBT

 

SEM SPOILERS

A confeiteira garante ser muito séria quando o assunto é trabalho. “Não fico amiga de nenhum participante até acabar o programa. Lá é supergostoso, mas eu me mantenho mais distante. Vai que viro amiga de fulano e ele ganha? Parece que passei prova, prefiro nem correr esse tipo de risco. Sou muito caxias com essas coisas, não conto nem pra minha mãe quem ganhou (risos)”, diverte-se.

COMPARTILHANDO

Apesar da paixão pela cozinha, abrir uma confeitaria própria não está nos planos de Carol. Além de ter um canal de culinária no Youtube, ela acaba de lançar o livro Deu Bolo. “Fizeram um monstro da confeitaria e não é assim. Hoje, estou focada em compartilhar o que sei. Quanto mais eu puder jogar sementinhas por ai, melhor”, afirma. “O meu intuito é fazer as pessoas voltarem à cozinha. Eu tenho uma filosofia de que quando a gente tem a consciência do que está comendo, passa a ter uma saúde bem melhor”, avisa a cozinheira, de 35 anos.

Louca por crianças, Carol adora os confeiteiros mirins. “Queria levar todos pra casa”. Foto: Artur Igrecias/SBT

 

UNIVERSO INFANTIL

Depois do sucesso da terceira temporada do Bake Off Brasil e do especial de fim de ano com os artistas da casa, o SBT estreou, no início do mês, a versão júnior do talent show. “O programa está uma delícia, muito mais leve, mas as crianças surpreenderam. Tiveram provas de a gente olhar e falar: ‘caramba, eles entregaram mais rápido do que os adultos’. Eles deram conta!”, garante. O Júnior Bake Off é exibido todos os sábados, a partir das 21h30, no SBT.



30/01/2018 - 19:26

Conecte-se

Revista Minha Novela