DirDireto de O Outro Lado do Paraíso: Samuel e Cido transam no posto de gasolina

O psiquiatra não aguenta mais a vida de “macho alfa” e volta para os braços do ex-namorado

Jorge Luiz Brasil

Samuel não resiste mais à paixão por Cido | <i>Crédito: Divulgação / Globo
Samuel não resiste mais à paixão por Cido | Crédito: Divulgação / Globo


Separado de Cido (Rafael Zulu), Samuel (Eriberto Leão) não consegue esquecer o marido. Ele foi até um posto de gasolina colocar gás no carro e viu o fortão trabalhando na bomba. Cheio de saudade, ele comentou que adora sentir o cheirinho de graxa do bonitão, que manda o ex se comportar. "Só falei. Agora sou um homem casado. Macho alfa", responde o médico. "Entendi. Macho alfa. Quanto vai?", diz Cido. Mas, o capítulo de hoje (sexta 13), de O Outro Lado do Paraíso, Samuel não resiste e volta ao posto, ele avisa a Cido que foi encher o tanque novamente. O fortão faz o serviço e diz que está sentindo que o ex não está bem. "Tomei uma decisão difícil, no hospital. Agi levado pela emoção. Mas é uma mulher que quer salvar a filha", desabafa o psiquiatra, se referindo à autorização dada por ele para Beth doar seu rim para Adriana, mesmo com ela correndo risco de morte. Cido diz que o ex é uma pessoa de bom coração e ele gosta disso. Em seguida, Samuel tira o dinheiro da carteira, paga a Cido e não aceita o troco de volta. O gato se recusa a ficar com a grana e diz que não está com a mão estendida só porque está trabalhando num posto. Samuca pede desculpa meio cabisbaixo. "Já vi que está sensível, hoje. Samuca, essa hora praticamente não tem movimento aqui no posto", avisa Cido. O médico pergunta se o rapaz está livre. "É...só não posso ir muito longe. Mas se você parar o carro atrás do posto...a gente pode ter uma conversa mais...", responde o gostosão, se insinuando para o ex-marido. Samuel entende e diz que vai na frente. "Já estou chegando. Digo pra Irene (Luciana Fernandes) que vou sair pra comer um lanche e pedir pra ela segurar as pontas, se alguém aparecer. Até já", responde Cido. Com os dois já no carro, eles matam a saudade dos bons tempos. "Senti saudades", diz Cido. "Eu também", responde o diretor do hospital.



13/04/2018 - 20:08

Conecte-se

Revista Minha Novela